Ocorreu um erro neste gadget

Tradutor

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Noites Escuras


Sérgio Godoy



Noites em que sombras escapam de nossas sombras
Ás vezes escondidas em cantos
Ás vezes deslizando em nossos pensamentos
Querendo a loucura e o desejo
- De muito e de nada

Noites em que cortamos nossos pulsos
Tal cortamos nossos laços e somos um só
Sem perguntas e sem respostas
A angústia da fé
O poder dos decepcionados

Noites escuras de membros eretos
Sagrados
Deita seu rosto pesado sobre pétalas
Deita suas pernas e abre seu peito
Sangra em tantas cabeças
Chupa o veneno e torna-se heresia

Acontece em noites vadias
A sombra do que se diz apaixonado
Queimando na tortura
Queimando sem súplica
Sórdido coração